Uma forma de sonhar: Stereotrilhos reflete sobre autoconhecimento em álbum de estreia

A vida é feita de decisões. E cada uma delas impacta diretamente no nosso dia a dia. Por isso, o autoconhecimento quase sempre corresponde à plenitude. No entanto, para encontrá-lo, é preciso enfrentar uma série de incertezas e inseguranças. Esse é o tema central do álbum de estreia da banda Stereotrilhos, intitulado “Uma Forma de Sonhar”.

Ouça “Uma Forma de Sonhar” via Spotify 

O disco conta com 10 faixas que flutuam entre a melancolia de um eu-lírico que enfrenta as angústias do início da vida adulta e visão colorida e positivista de quem anseia por dias melhores. O repertório inclui seis singles que a Stereotrilhos liberou ao decorrer do último ano. São eles: Janelas, A Última Música, Invencível, Jornada, Uma Caneta Azul e O Dilema.

Desta forma, as canções O Retorno de Saturno, O Quanto Passou, Amanhecerá e Uma Forma de Sonhar completam o setlist. O álbum, de forma geral, atravessa o rock alternativo, a música pop e o indie contemporâneo como um todo. As sessões de gravação ocorreram majoritariamente de forma remota, com captações em home studios

O baixista Rodrigo Murasawa, que também é responsável pela produção do disco, frisa a linearidade do repertório. “O álbum é um convite para uma jornada de autoconhecimento. Embora cada canção tenha a sua mensagem, pode-se dizer que as letras estão interligadas devido a essa proposta. E essa reflexão pode chegar em momentos tristes ou felizes, já que as músicas transitam por vários estados de espírito”. 

A Stereotrilhos é uma banda formada em São Paulo (SP). O grupo está em atividade desde 2015 e ainda conta com o vocalista Juliano Arruda (que também toca violão e teclado), com o baterista  Gabriel Freitas e com os guitarristas Lucas Almeida e Raul Faria. 

  • Setlist

  • Uma Forma de Sonhar
  • Invencível
  • O Retorno de Saturno
  • Janelas
  • Uma Caneta Azul
  • O Quanto Passou
  • O Dilema
  • Jornada
  • Amanhecerá
  • A Última Música

 

%d blogueiros gostam disto: