Septeto vocal Ordinarius homenageia Pixinguinha

No dia em que se completam 49 anos da morte do artista, grupo Ordinarius lança o clipe “Carinhoso”, com participação da cantora Nilze Carvalho.

Ordinarius lança clipe de Carinhoso em colabora com Nilze Carvalho. Lançamento ocorre em homenagem aos 49 anos da morte de Pixinguinha. | Capa: divulgação.

O ano era 1973. O dia 17 de fevereiro. Há 49 anos, Pixinguinha, um dos maiores compositores da música popular brasileira, nos deixava. Referência do Choro no país, o maestro morreu dentro da igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, no Rio de Janeiro, em um sábado de carnaval. Um fim poético à uma vida cheia de histórias e conquistas incríveis para um músico negro, neto de africanos escravizados, nascido em 1897. Para celebrar um dos mais importantes músicos da história do país, o septeto vocal Ordinarius convidou a musicista Nilze Carvalho, representante do choro na atualidade, para participar do novo single no grupo, uma releitura de “Carinhoso”.

Assista ao clipe de ‘Carinhoso‘ no YouTube

A nova versão para este clássico da música brasileira será lançada no dia 17 de fevereiro, em todas as plataformas digitais. A faixa conta com arranjo de Augusto Ordine, diretor musical e fundador do Ordinarius, no formato a cappella e com a utilização de vozes e percussões vocais e corporais. Além do single, um clipe será lançado no YouTube do grupo, que há cerca de 13 anos vem fazendo novas versões para clássicos da MPB, do choro e do samba.

A música é a primeira de uma série de lançamentos do septeto dedicados ao repertório de Pixinguinha, que culminará em um álbum com releituras do compositor. “O Ordinarius já tem bastante familiaridade com o universo do choro, do qual Pixinguinha é o maior representante. No nosso álbum Rio de Choro, lançado em 2015, gravamos a clássica “Rosa”, parceria dele com Otavio de Souza. Para nós é uma alegria e uma honra poder homenagear esse compositor  essencial para a Música Popular Brasileira no choro e em outros estilos musicais também”, afirma Maíra Martins, cantora e produtora executiva do grupo.

Para Nilze Carvalho, ser convidada para gravar Pixinguinha com o Ordinarius foi uma alegria.

“Fiquei feliz e lisonjeada pelo convite para participar do clipe dessa galera maravilhosa que é o Ordinarius. Pura música, swing e criatividade. E ainda mais cantando esse clássico que eu amo tanto que é o Carinhoso, do São Pixinguinha”, celebra.

Pixinguinha foi responsável por dar forma definitiva ao choro e simbolizar de maneira inigualável a brasilidade da música nas suas composições, arranjos e execuções musicais. Conta-se a história que a Banda de Ipanema, no dia da morte de Pixinguinha, passou em frente à igreja momentos após o músico falecer, e como a notícia já havia chegado aos foliões, todos pararam, fizeram um minuto de silêncio e depois tocaram e cantaram “Carinhoso”, música do maestro com letra de Braguinha. A tradição se manteve ao longo dos anos e habitualmente a Banda de Ipanema tem como tradição tocar esta música ao passar pelo local.

Ordinarius usam a voz como instrumento principal

Grupo Ordinarius| Crédito: Fabiano Battaglin

Septeto criado em 2009, o grupo carioca Ordinarius oferece um vasto repertório, utilizando a voz como instrumento principal e a percussão como sua perfeita combinação. Os arranjos originais e exclusivos são do maestro Augusto Ordine, os arranjos vocais são a cappella ou com o auxílio de violão, cavaquinho e instrumentos percussivos variados. Ritmos brasileiros como choro, baião, samba e ijexá são visitados pelo grupo, que é um moderno representante de uma cultura brasileira atemporal.

O Ordinarius ganhou repercussão com o grande público em 2012, ao gravar e colocar na internet o clipe de uma versão de “As long as you love me”, hit dos Backstreet Boys de 1997. O vídeo teve quase 300 milhões de visualizações e a música foi parar na trilha sonora da novela “Salve Jorge”, da TV Globo. A movimentação contribuiu para que o grupo recebesse mais convites para shows no Brasil e no exterior.

Em 2019 o septeto inaugurou uma campanha de financiamento coletivo para as suas produções e lançou no ano seguinte o álbum “Paralelas”, projeto que teve somente um show de lançamento, na semana de anúncio da pandemia de Covid 19. Com a paralisação e o cancelamento da agenda de shows, o grupo passou a realizar centenas de lives, alimentando a campanha de financiamento, que possibilitou a gravação e o lançamento de mais um projeto: Bossa 20.

Dando continuidade a ideia de homenagear artistas ou movimentos musicais brasileiros, em 2021 o Ordinarius mergulhou no universo de Aldir Blanc. O álbum completo, ‘Blanc’, será lançado em março de 2022.

Ouça o single “Carinhoso” nas plataformas digitais

O Ordinarius é formado por: Augusto Ordine, Maíra Martins, Antonia Medeiros, Beatriz Coimbra, Fabiano Salek, Matias Corrêa e Mateus Xavier.

Quer conhecer mais? Visite a Cabana Da Música. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.

%d blogueiros gostam disto: