R & B, paixão e astronomia inspiram PAIM em novo single “Órbita”

Quando o amor é tão profundo que você sai dos eixos… E sente que até o mundo está fora do lugar. Esse é o sentimento que o cantor PAIM transmite no seu novo single Órbita.

Ouça “Órbita” via Spotify

A faixa, que está no universo da música pop, mas transita pelo R & B e pelo indie contemporâneo, traça um paralelo entre a astronomia e a paixão, mostrando que uma relação recíproca pode levar qualquer indivíduo às estrelas.

PAIM destaca a sentimentalidade da canção. 

Órbita é sobre ficar tão cego de amor que até as coisas mais mundanas parecem eventos cósmicos. E isso só acontece quando estamos com a pessoa certa. Vejo que essa música traz à tona o quanto é importante se permitir amar – e ser amado – dessa forma”, frisou.

Para retratar essa perspectiva, o carioca PAIM inspirou-se na musicalidade de artistas como Taylor Swift, Harry Styles, Tiago Iorc, Clarissa e Shawn Mendes e trabalhou com os produtores Renan Martins e William Kevin.  

A faixa contou ainda com a colaboração do guitarrista Arthur Brito. A masterização, por sua vez, ficou a cargo de Fernando Delgado. Órbita é o terceiro single de PAIM, um cantor que adora refletir sobre a forma como nos impactamos pela paixão. Anteriormente, divulgou os singles Fica e Ai Como Eu Me Iludo.

%d blogueiros gostam disto: