Passeando entre o baião e a música Celta, grupo Deltas (BRA/PT) estreia segundo álbum

Misturar referências da música Celta Medieval Europeia com o Baião no nordeste brasileiro, o Blues e o Jazz americanos. É com esta paisagem sonora que o grupo Deltas estreia seu segundo álbum de trabalho, Deltas II, através do Selo Estelita e apresenta a fusão da riqueza cultural presente em várias partes do mundo.

Deltas II, que foi criado durante o período de isolamento social, conta com 11 faixas autorais e inéditas, que retratam a estética sonora do grupo: experimentar texturas musicais que passeiam pelas escalas do baião, ciranda, afoxé, jazz, como também da música medieval.

O álbum foi dirigido e produzido por Dirceu Melo, líder do tradicional grupo Jorge Cabeleira e o dia em que seremos todos inúteis, que está radicado em Lisboa/ PT. De Recife para o mundo, Dirceu convidou músicos como Hugo Osga, Miguel Berkemeier, Carlos Garrote e Rogério Pitomba para completar a formação que gravou o disco, que conta ainda com a participação de Sílvia Isabel.

Esse álbum vem mostrar a riqueza da diversidade cultural presente na música do mundo, ao  misturar sons de locais e contextos tão diferentes, que inspiraram a criação de paisagens sonoras originais. “Cada integrante tem referências e vivências muito diversas, o que caracteriza de fato o nosso projeto é fazer a união de ritmos tradicionais de culturas e países diferentes”, conceituou Dirceu Melo.

Ouça aqui:

%d blogueiros gostam disto: