Naiá Camargo ressignifica papel da mulher em novo single

Com a produção musical de Rodolfo Dox Lacerda e Marcos Maurício, Salomé traz um som brasileiro e com referências do brega 60 e 70.

Criar uma atmosfera vibrante, dançante e envolvente são algumas das propostas de Salomé, novo single da cantora Naiá Camargo, que traz elementos pop misturados com texturas de brega. A faixa está disponível principais plataformas de streaming, via selo Relva Music.

Salomé é o primeiro single de uma série de lançamentos, que a artista paulistana Naiá Camargo apresentará ao longo do ano. Apostando sempre em composições divertidas, fora da caixa e acompanhada de ritmos que arrancam a energia do público, Naiá se descobre em cada verso e em cada batida.

Se no seu single mais recente “Onde eu tô?” Naiá aponta para uma MPB com elementos mais tradicionais, em Salomé ela mergulha fundo nas referências das brasilidades raiz e passeia por timbres que remetem aos bregas dos anos 60 e 70. Salomé vem marcar uma Naiá mais ousada, madura e dona de si.

“Essa música tem tudo a ver comigo. Ela traz um axé maravilhoso, com um ótimo astral, que é para levantar todo mundo. É uma música que eu entrego para que o público se sinta com a alma leve e o coração pulsando forte. Aquela música boa para beijar na boca.”, entregou Naiá.

Todo o processo de produção do single aconteceu à distância, devido à pandemia. Com a produção musical assinada por Rodolfo Dox Lacerda e Marcos Maurício, Salomé, que é uma composição original de Ana Flor de Carvalho, ganha uma roupagem mais pista, com dinâmicas bem marcantes.

“Juntei um time incrível e muito competente que favoreceu muito a realização da forma mais organizada possível. Chamei músicos que adoro trabalhar junto e que sou fã e para produzir junto comigo, chamei meu grande amigo e parceiro Marcos Mauricio. Naiá trouxe esta faixa, que já foi lançada originalmente por Ana Flor, e tivemos algumas conversas para entender os caminhos que esta nossa versão teria. Cada um com suas referências e experiências adicionou os elementos que precisávamos e o resultado tem uma personalidade muito própria e é muito a cara da Naiá”, concluiu Rodolfo Dox Lacerda.

Esse single, que ganhará um videoclipe em breve, faz parte do novo EP de Naiá Camargo, que está programado para estrear em 2021.

 

Sobre Naiá Camargo

Não se encaixar em rótulos, mas experimentar as múltiplas vertentes da música brasileira é um dos principais motores para a artista e cantora Naiá Camargo.  A paulistana vem se revelando como um novo nome da música plural brasileira e ousa passear por gêneros como a Nova MPB e Pop misturados ao suingue da música latina e beats eletrônicos.

Se preparando para estrear seu novo EP em 2021, que sairá pelo selo Relva Music, Naiá se entrega a uma busca interior e imprime nesse trabalho sua essência divertida, ousada e versátil, alinhada a um som envolvente,  que marcará essa nova fase de sua carreira. Além do entretenimento, a cantora também provoca reflexões existenciais, fruto do condicionamento humano e que permeia toda a sociedade.

A artista estreou recentemente o single “Onde eu tô”, produzido por Lenis Rino que assina também os beats e percussões e contou com a participação de Zé Nigro no baixo e synths, Leo Mendes na guitarra e Gabriel de Almeida Prado no violão que também assina como um dos autores da canção. O single foi lançado em agosto de 2020 pelo selo DOX/Yb Music acompanhada por um material audiovisual, que já rendeu mais de 170 mil views no Youtube. Em Março de 2020, “Onde eu tô?” ganhou o remix do duo Terra Treme.

 

%d blogueiros gostam disto: