Emílio Sagaz faz críticas ao conservadorismo brasileiro em seu novo single

Emílio Sagaz, cantor e compositor maranhense, lançou hoje, 30 de julho, seu novo single “Um Lindo Temporal (O Ego do Deus e A Inveja do Diabo)”. O artista traz em sua obra diversas criticas sociais ao conservadorismo no Brasil. A faixa está disponível em todas as plataformas de streaming.

É através do reggae e rap que Emílio Sagaz traz suas várias críticas políticas e sociais. A faixa fala sobre o falso moralismo religioso e o seu uso como escudo para a prática de preconceitos e a difusão de discursos de ódio. Não sendo um crítica à religião, mas sim a hipocrisia que alguns dos seguidores praticam, como ele explícita no trecho “segue ritos do sagrado mas vai votar no neonazi”.

“Essa é uma música que bate no conservadorismo e na contradição das pessoas. Muitos fazem o que não devem e simplesmente colocam a culpa no Diabo. Ou mesmo aquele cara que conta as notas de 100 mas não assina a carteira da empregada. No final dizemos amém e está tudo perdoado?”

A sua sagacidade esta presente em toda a música, onde Emílio utiliza da ironia para falar sobre a forma como o sagrado é uma desculpa para a prática de ações contrárias ao credo. Ele canta sobre o tal “cidadão de bem”, ator nessas situações de contrariedade, que segue uma receita para livrar o peso de suas ações, no trecho “Agora é só dizer amém,  manter sua postura zen, que está tudo perdoado.”.

Um Lindo Temporal (O Ego do Deus e A Inveja do Diabo) ainda conta com alguns minutos de romantismo em sua letra, que segundo Emílio, é o que basta para esquecer a dor, todo o caos e contradição dessa sociedade, num sentido de alienação.

“O refrão é propositalmente romântico para entrar nessa contradição. Busquei colocar muitas coisas nessa faixa. Muito além do que só uma crítica política, é um retrato do cidadão de bem, do cara que canta sobre ostentar mas que, na verdade, não vive o que ele diz.”

Emílio Sagaz

Emílio Sagaz é um artista de São Luís do Maranhão. Iniciou a carreira em 2010, na banda Diamante Gold, que alcançou diversos êxitos, como abrir um show d’O Rappa, tocar em diversos festivais e participar do quadro Garagem do Faustão. A partir de 2013 deu início a sua carreira solo, onde, desde então, tem passeado por diversos estilos, como o rock, o rap, a MPB e mais recentemente o reggae. Alcançou feitos como participações em festivais (Festival BR75, Festival Canta São Luís), uma temporada em Portugal e inclusão em uma coletânea da Melody Box com a faixa “Brio”, lançada em 2013 no EP “Um Filme”.

Além de “Um Lindo Temporal (O Ego de Deus E A Inveja do Diabo)”, o artista já lançou neste ano os singles “Darling”, “A Mão Para Criar O Sample” e “Rio de Mirinzal (Ao Vivo)” e tem planejado diversos outros lançamentos até o final de 2021.

Acompanhe Emílio Sagaz 

Instagram: https://www.instagram.com/sagaz.roots

Facebook: https://www.facebook.com/realsagazroots

quer conhecer mais? Visite a Cabana Da Música. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.

%d blogueiros gostam disto: