Em “Massa Crítica” Semper Volt diz que “algo está a explodir”

Em novo clipe, Semper Volt traz acolhimento a tempos pertubadores. A canção faz parte do disco “Cristal” lançado ano passado em meio a pandemia de Covid-19. 

Semper Volt Massa Crítica

Imagem do clipe “Massa Crítica”. Foto: Divulgação

“Se você está explodindo por dentro, você não está sozinho”, esse é um belo resumo de “Massa Crítica”, novo clipe do artista pernambucano radicado em São Paulo Semper Volt. A canção faz parte do disco “Cristal” lançado ano passado em meio a pandemia de Covid-19 e que numa mistura entre o eletrônico e a música brasileira pega a indignação das manifestações e o desencanto geral com a política e transforma em música.

Nascida em 2018, Massa Crítica” (a música) é um retrato das manifestações de 2013, que mudaram de foco quando foram aderidas por mais gente. Deixaram de ser apenas pelo vale-transporte gratuito e acabaram sendo usadas para a derrubada da presidenta Dilma Rousseff (2011-2016). Ou seja, ao atingir uma “massa crítica” se ampliaram na sociedade. A letra fala sobre como o mesmo fenômeno pode acontecer agora ao inverso, com uma massa crítica de oposição ao governo atual. Para entender melhor, o clipe da canção traz a explicação. Segundo a sociologia, massa crítica” é o número de indivíduos a partir do qual um fenômeno adquire uma dinâmica que o permite crescer em si próprio”.  

Esse grupo de militares que usou Bolsonaro para chegar ao poder agora ameaça golpe toda semana. O plano deles é tentar normalizar essa intervenção militar”, ou seja, golpe, pra quando eles agirem terem mais aceitação, resignação dos que são contra e até apoio de uma meia dúzia de fanáticos e outros que estão ganhando dinheiro com isso. Então eles vão manter o ambiente assim até as eleições, porque estão vendo que Bolsonaro vai perder”, comenta Semper Volt.

Nesse clima, o clipe é uma série de colagens de explosões que tem como diretor o clipe é uma série de colagens de explosões dirigido por João Tenório, o homem por trás de Semper Volt em parceria com Vinicius Prado Martins, amigo de longa data que trabalhou na edição último clipe do artista “Arrepiou”. Juntos, Semper e Vinicius trabalharam numa pesquisa de “samples” de imagens para que houvesse um sync (sincronicidade) entre música e o que se vê na tela.

“As imagens são de explosões reais, retiradas de diferentes lugares, mas descontextualizadas de suas origens. No clipe elas ganharam distorções, novos enquadramentos, diferentes cores e texturas para construir, junto com a música, um novo significado e uma tradução estética para esse sentimento de tensão social, de que “algo está para explodir’, explica Vinicius.

Este também é um momento nostálgico já que o clipe “Massa Crítica” traz o fechamento do ciclo de lançamento do disco “Cristal”. “Imagino que o único elemento que faltou foi tocar ao vivo com a banda. Também houve um momento em que as pessoas não tinham muita cabeça para ouvir música nova, mesmo assim a gente conseguiu fazer 3 clipes, 6 lives e um álbum de remixes, então o disco cumpriu seu papel”, diz Semper Volt.  

A música “Massa Crítica” tem participação especial de São Yantó, foi produzida por Semper Volt e Ivan Gomes, tem mixagem de Ricardo Mosca e masterização de Felipe Tichauer.

Semper VoltSemper Volt: é o projeto do recifense radicado em São Paulo, João Tenório. Filho do baterista Carlos Bala (Djavan, Maria Bethânia, Gal Costa), ele teve contato com a música desde cedo. Tendo na sua infância crescido ouvindo jazz, soul e MPB; além de ter estudado piano aos 8 anos de idade, depois bateria, violão, harmonia e composição. Mais velho foi cursar cinema e por lá descobriu outra de suas grandes paixões: a música eletrônica. Semper Volt começou a tomar forma depois de 2013 quando resolveu experimentar a combinação: violão e voz com o eletrônico. Voltando de certa forma as suas raízes de criação, mas sem deixar de lado a música eletrônica. Tendo lançado na lista de lançamentos os dois EPs Flamboyant’’ (2017) e Leve” (2018), o primeiro disco Cristal (2020), que chamou atenção da crítica especializada e ganhou menção honrosa no site Hits Perdidos e no programa Na Ponta da Agulha e mais dois clipes, Se Juntou” em stop-motion e o interplanetário Arrepiou.

Redes Sociais

Quer conhecer mais? Visite a Cabana Da Música. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.

%d blogueiros gostam disto: