Cris Caffarelli faz o primeiro show do disco “Lares”

João Barone e Toni Platão são os convidados especiais do primeiro show do disco “Lares”, de Cris Caffarelli.

Cris Caffarelli faz o primeiro show do disco "Lares"

Cris Caffarelli faz o primeiro show do disco “Lares” | Crédito: divulgação.

Cris Caffarelli fará o primeiro show do álbum “Lares” no Vizinha 123, em Botafogo. Será na quinta, 2 de dezembro, às 20h, com ingressos a R$ 25 (quem comprar antecipado paga R$ 20). Ela subirá ao palco intimista da casa em Botafogo com dois convidados muito especiais: Toni Platão e João Barone, que também gravaram no disco. A noite será compartilhada com outros dois shows, do cantor Badke e da banda Melvin & Os Inoxidáveis.

Mais que um convite ou apelo, “Vem Vem Vem”, o primeiro single que lançou, é um doce rapto para o universo de Cris Caffarelli. Um rico mundo de tintas pop em franca expansão, que revela uma cantora e compositora com dicção e luz próprias, sensibilidade, timbre charmoso e, claro, belas melodias. O roteiro prevê oito das dez faixas do disco, como “Inspira”, “Toque de Orixá” e “A paz que Mereço”.

“Além das minhas, vou fazer releituras de ‘Corre-Corre’, da Rita Lee, ‘Será que vai chover?’, dos Paralamas” e um medley de “Sonhos / Space Oddity”, parceria minha com Maria Luiza Jobim e Lucas Vasconcellos, com partes do sucesso de David Bowie”, adianta Cris.

Estabelecida como instrumentista a partir de trabalhos com Marina Lima, Dado Villa-Lobos, o supracitado Platão e a estelar Banda Panamericana, Cris se mostra uma cantautora de personalidade em “Lares”, rica coleção de canções pop/folk e outras levadas que tem tudo para ser a fundação de uma longa carreira.

A música está no sangue desde cedo, como vocação irresistível. Começou no piano clássico aos seis anos e logo no início da adolescência foi atraída pelo rock de Beatles e Mutantes, por influência do irmão mais velho, Eduardo. Depois virou caminho acadêmico, com a graduação pela Unirio, e desde os 20 anos é honrado ganha-pão, com um belo chão como professora de piano, violão e iniciação ao canto.

O senso crítico muito apurado e certa timidez fizeram com que o passo para a frente dos palcos demorasse um pouco para chegar. Mas provavelmente ajudaram na maturação da obra com que Cris se lança agora, num misto do que ela mesma define, brincando, como “prazer e pânico”.

“Lares” tem a ver com criações muito pessoais e caseiras, claro, mas também com a expressão romana referente aos espíritos que podiam atuar na proteção (ou na ruína) de uma família. O álbum foi construído, conforme Cris Caffarelli explica, a partir dessa tensão, do conflito entre forças opostas, interior e exterior, luz e sombra, medo e coragem — e, “sobretudo, afeto”.

Cris Caffarelli lança “Lares”:

QUANDO: Quinta, 2 de dezembro, às 20h

ONDE: Vizinha 123 – Rua Henrique de Novais, 123, Botafogo

QUANTO: R$ 25 (na hora) | R$ 20 (antecipado)

Quer conhecer mais? Visite a Cabana Da Música. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.

%d blogueiros gostam disto: