Carnaval: DJ gringo e cantora carioca lançam single

Da gélida Seattle (EUA), para o calor do Rio de Janeiro. Da música experimental para o coco. O choque entre temperaturas gerou “Coco da Purpurina”, single de Thomas Arndt (Another Magic) e Ana Bispo (Agytoê, Multibloco e rodas de samba). A música é uma colaboração internacional feita para espalhar cultura, resistência e amor neste momento de desconexão entre as pessoas, e claro, manter a chama do Carnaval viva! O clipe conta com cenas dos carnavais passados nos blocos Boi Tolo, Vem Cá Minha Flor, Multibloco, Mulheres Rodadas, Calcinhas Bélicas, Caetano Virado, entre outros.

“Conheci o Carnaval de Rua em 2017, como folião, e me apaixonei totalmente. Voltei em 2018 e me inscrevi em tantos blocos possíveis, como o Terreirada Cearense e o Multibloco, onde conheci a Ana Bispo.  Em casa, durante a quarentena, experimentei com essa base de percussão do côco e acrescentei o grave e outros elementos na música.  Pensei imediatamente na Ana e a convidei para uma parceria. Fico super feliz e honrado que ela respondeu com um sim!”, emociona-se Thomas.   

Conectado com uma letra feminista interseccional, a canção “Coco da Purpurina”, escrita por Ana Bispo, transmite a ideia que o Carnaval é uma festa de todas, de todes, de todos. A partir dessa intenção, foi criada uma vaquinha durante o evento, no Zoom, de lançamento da música e foi arrecadado mais de 2 mil reais, revertidos para a ONG carioca “Diversidade Mais”, que usa arte para apoiar a pauta de mulheres lésbicas, cis e trans.

A canção “Coco da Purpurina” traz uma forte presença feminina à frente e nos bastidores, seja na mixagem e masterização, como também na versão “Remix”, que foi criada pela DJ Flavya (SP/NYC), além do clipe, que conta com direção e edição de Mariana Godois.

“Lançar essa música é um círculo completo de tudo que eu amo. Amo a música brasileira, amo ser DJ, amo experimentar com sons novos e antigos. Faço músicas de muitos estilos, mas tudo faz parte da mesma história: brincar, aprender, colaborar e inventar. As letras da canção que Ana colocou também são muito importantes para mim: eu acho que a arte é tão poderosa, pois assim podemos lutar pela justiça e espalhar alegria ao mesmo tempo”  elogia Thomas Arndt,  que também é educador e ativista.

O single “Coco da Purpurina” é o primeiro passo de uma série de músicas que serão lançadas pelo projeto Another Magic que contam com influência brasileira. De acordo com o produtor, as próximas canções terão a mistura do Maracatu com o saxofone e o funk. “Quero trabalhar com muitos artistas do Brasil!”, anima-se Thomas.

Ana Bispo

Ana Bispo – Crédito: Thiely Leoni

O projeto Another Magic consiste em experimentação sonora e criatividade. Criado por Thomas Arndt, o produtor transforma itens achados em seu quintal em instrumentos de percussão. Desde 2017, o americano conecta sua música com a latinidade ao explorar instrumentos percussivos e grooves sônicos 3D.

A música é uma produção de Thomas Arndt, do Another Magic, composta e cantada por Ana Bispo. A mixagem foi realizada por Onus Lumens, com masterização de Rachel Field. O clipe foi editado por Mariana Godois.

 

Siga Another Magic

Instagram: @anothermagicmusic 

Facebook: https://www.facebook.com/anothermagicmusic

Site: https://www.anothermagicmusic.com

 

Quer conhecer mais? Visite a Cabana Da Música. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.

%d blogueiros gostam disto: