Biel Lima, promessa LGBTQIA+ na black music, Biel Lima lança “Será O Amor?”

Faixa – que faz parte do EP “Estou Aqui Ao Vivo”, lançado em 2020 – agora ganha videoclipe guiado por simbolismos que se conectam com a divindade Oxum e todas as suas narrativas de amor próprio e autocuidado

                                                                                              Biel Lima – Foto Crédito: Luan Batista

Biel Lima é considerado uma das grandes promessas LGBTQIA+ dentro da cena black music. O artista lançou o videoclipe para a canção “Será o Amor”. Faixa faz parte do EP “Estou Aqui Ao Vivo”, que foi lançado pelo cantor em 2020.

“Escrevi essa canção pensando que seria  interessante e prazeroso compor e cantar músicas que eu gosto de ouvir. Então, liguei o teclado e comecei a tocar alguns acordes aleatórios, mas eu já estava com a música “Whos Lovin’ You” do The Jacksons 5 na cabeça. Juntei parte da melodia dos Jacksons com a frase “Será O Amor” e pronto! Amei de cara e continuei escrevendo e tocando nas próximas duas horas. Eu me lembrei da sensação avassaladora de estar apaixonado e não ter certeza se estou sendo retribuído, as declarações de amor da adolescência misturadas com as vivências sexuais adultas. Quando ouço esta música hoje, percebo que consegui expressar de um modo direto tudo o que eu não consegui expressar quando eu estava apaixonado na adolescência.  Sinto que eu precisava deixar sair esse romantismo quase que meloso de dentro de mim, porque estava preso há muito tempo”. disse o cantor.

O cantor inspirou-se pelo brilho da época Disco e Motown, além das criações do Al Green, o single para o cenário onde Biel soma como um dos protagonistas.

No videoclipe, que assim como a música, conta com um tom romântico, profundo e atemporal, o artista traz como personagem principal a orixá que representa o amor: Oxum. “Eu mesmo fiz a direção de arte e escolhi iniciar o vídeo com a famosa frase “Oxum lava suas joias antes de lavar seus filhos” por sintetizar o amor próprio e autocuidado. Afinal, acredito que o amor pleno para com terceiros parte do fato de amar a si mesmo acima de qualquer coisa”. comentou Biel.

Rodrigo Portela da Terra Preta Produções esteve na direção e gravação do clipe, que também teve uma contribuição importante de Felix Pimenta além da própria mãe do cantor. Todas as cenas foram filmadas no Espaço Esponja, localizado no largo do Arouche.

“Tentei traduzir em imagens as sensações que o som me traz. Faço uma declaração de amor, de modo muito profundo, pensando na importância de expormos nossos sentimentos genuínos. Coisas acontecem quando nos abrimos. Muitas vezes podemos nos frustrar com as reações das nossas declarações, outras vezes nos surpreendemos com reciprocidade, mas independente das devolutivas, o fato de verbalizar ou expressar alguns sentimentos que nos causa insegurança é libertador. Nos livramos das inseguranças no momento em que deixamos esses sentimentos saírem, mesmo que saiam de um jeito meio engraçado ou como não esperamos”.

Quer conhecer mais? Visite a Cabana Da Música. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.

 

%d blogueiros gostam disto: