Bananeira Brass Band garante o agito do Carnaval com lançamento de single

Arraste os móveis da sala, porque a fanfarra mais dançante do Brasil vai entrar na sua casa e te animar com a nova música “Furiosa”

“Nem só de canção se alimenta o coração” – é com esse brado pela valorização da música instrumental, que Bananeira Brass Band vem botar todo mundo para dançar neste mês de Carnaval com o lançamento “Furiosa”. O single chega com um registro de vídeo gravado no no Estúdio Click Audioworks, em Curitiba, com direção de Denusa Castellain.  Basta um simples olhar na foto e você entenderá a essência do que move essa banda: aqui a risada é de gargalhar, a dança é da cabeça aos pés e a festa nunca acaba. Quem já foi em um show da Bananeira sabe bem do agito que estamos falando, e não é à toa que a banda se auto-intitula como fanfarra popular dançante brasileira. Neste ano, não teremos os dias de festa como de costume, mas a nova música e a live programada para 20/02 às 17h, vêm para garantir a alegria e mostrar o quanto a música instrumental merece ter o seu lugar nos corações e nas playlists de todos os brasileiros.

O single é o esquenta para o lançamento do primeiro disco da Bananeira Brass Band “Feira Livre”, previsto para maio deste ano. O compositor e arranjador Audryn Souza, explica que o funk está presente em diversas músicas do grupo, mas para “Furiosa” foi escolhido o funk 150bpm, modalidade que possui um número maior de batidas: “Não queremos ter um rótulo na música instrumental, fazemos um som sem preconceitos, sem travas. Estamos com os olhos e ouvidos abertos para tudo o que está acontecendo, e com o funk 150bpm em evidência no Brasil, tinha tudo a ver trazer isso para a música”, conclui. “Furiosa” vem para despertar a conexão coração-quadril de todos os públicos e revelar o poder que o som tem de mexer com nossos sentidos e emoções. É também um convite à redescoberta da música instrumental que preenche, que inspira, que anima e inclui, tanto quanto a música cantada.

As brass bands, formadas por instrumentos de sopro e percussão, surgiram em New Orleans, EUA, e se disseminaram como música de rua, seja em formações menores ou grandes, chegando a possuir até 400 músicos por grupo. No Brasil, conhecemos essas formações por diversos nomes: charangas de carnaval, bandinhas de coreto, fanfarras, bandas de estádio, entre outras. A Bananeira Brass Band tem suas raízes no Paraná e é amplamente conhecida no sul do país por empolgar o público em alguns de seus principais festivais independentes como: Psicodália (SC), Curitiba Jazz Festival (PR), Tum Sound Festival (SC), Oficina de Música de Curitiba (PR), Resistência Pirata (PR), Revirada (SC), Libélula (PR), Bradamundo (SC), Saravá (SC), entre outros. Também colecionam aberturas de shows para Francisco, El Hombre, Jards Macalé e Di Melo e gravações com Machete Bomb, Lemoskine e Jota Pê.

Em janeiro, a banda estreou em seu canal do YouTube a websérie “Bananeira um movimento musical”,  que traz depoimentos de toda a banda e produtores envolvidos na gravação do disco que está por vir. O álbum “Feira Livre” contará com 10 faixas e além do formato digital, os fãs podem esperar por versões físicas em LP e CD, produção de sessions e videoclipes.

“Furiosa” – Ficha técnica:
Composição e arranjo: Audryn Souza
Músicos: Audryn Souza (trompete), Bruno Brandalise (sousafone), Hudson Müller (saxofone), Lauro Ribeiro (trombone), Lucas Ramos (trompete), Luís Fernando Diogo (percussão) e Luis Rolim (percussão)
Produção: Rodrigo Lemos
Gravação e mixagem: Paulo Bueno – Estúdio Click AudioWorks
Masterização: Rodrigo Deltoro
Distribuição: Dorsal Musik

Sobre a Bananeira Brass Band:

A Bananeira Brass Band é uma fanfarra popular dançante brasileira, formada por sopros e percussão, que se originou em Curitiba, Paraná. Desde 2017, a Bananeira pesquisa gêneros e ritmos da cultura popular brasileira mesclando-os com a cultura pop da Black e Soul Music, para criar harmonias rebuscadas para trompetes, trombone, saxofone, percussão e sousafone. A banda é amplamente conhecida no sul do país por empolgar o público de alguns de seus principais festivais independentes como Psicodália (SC), Curitiba Jazz Festival (PR), Tum Sound Festival (SC), entre outros. Também já realizaram aberturas de shows para artistas como Francisco, El Hombre, Jards Macalé e Di Melo, além de gravações com Machete Bomb, Lemoskine e Jota Pê. Depois do lançamento de singles e do EP #PotássioNeles (2018), a Bananeira trabalha agora no lançamento de seu primeiro álbum “Feira Livre”, previsto para Maio deste ano, que promete agradar tanto aos ouvidos de quem quer se divertir e dançar, quanto aos que buscam o apuro técnico exibido pelas brass bands.

Redes sociais:

Instagram: @bananeirabrassband 

Assista o registro gravado em estúdio do novo single “Furiosa”

Confira mais notícias na Cabana da Música. Seja parte da nossa comunidade no Discord. Siga nossas redes sociais: Instagram e Twitter.

%d blogueiros gostam disto: